Rosé Malbec

Este vinho nasce em 2015, consequência de um projeto de pesquisa e inovação de produtos, com o intuito de se obter um vinho rosé com presença em nariz, boca e aos olhos. Ė o primeiro rosé varietal Malbec da Serra Catarinense. Ao se comprovar qualidade e versatilidade com os frutos obtidos nas safras anteriores, até então não se conhecia o potencial desta variedade em terroir de altitude catarinense, apostamos na elaboração de um vinho rosé tranquilo. Em 2018 foi coroado como o melhor rosé do Brasil pelo concurso ViniBraExpo. Um vinho que expressa paixão!
Disponibilidade: Sem estoque
R$99,90
Seu preço: R$89,91

Ficha Técnica

Imagem de Rosé Malbec
Variedade
Malbec
Safra
2019
Teor Alcoólico
12,2%
Classificação
Seco
Temperatura de serviço
6 °C
Potencial de guarda
3 anos
Visual
Sedutora cor rosé-salmão, lembrando os vinhos rosados da região da Provence.
Olfativo
Aromas de frutas silvestres, associados ao frescor de ervas.
Gustativo
Corpo leve, porém com excelente persistência. Substancioso sem perder vivacidade, bastante refrescante, saboroso e com final de boca que mantém sua finesse até o último gole.
Harmonização
Perfeito como aperitivo, acompanhando uma tábua de frios composta por presunto cru, carpaccio, calabresa, chouriço, etc. Paella, pizzas, saladas, frutos do mar, dos mais conhecidos aos mais exóticos, ceviches, perú, frango assado com batatas ou cozido no vapor com ervas aromáticas, frango korma (molho de iogurte e diversas especiarias), panquecas de frango, sopas mais condimentadas e diversas massas como molhos mais ácidos, como exemplos: ricota com espinafre ou molho rosé.
Dica da Sommelière
Um bom caminho para harmonizar vinhos rosés é pensar em pratos que tenham a mesma cor. Por isso, embutidos e molhos de cores semelhantes podem ser uma atrativa parceria.
Abreu Garcia - Vinhos de Altitude

Movida pelo desejo de cultivar e realizar sonhos, a família Abreu Garcia escolheu nos anos 2000 a Fazenda Campo Belo, em Campo Belo do Sul, na Serra Catarinense, para desenvolver e inovar a vitivinicultura. A propriedade, privilegiada pela exposição ao sol, altitude e clima típico europeu, oferece as condições ideais para o cultivo das uvas e convida para o desfrute dos melhores prazeres do vinho. A plantação do primeiro vinhedo ocorreu em outubro de 2006.

O envolvimento de Aparecido Silva, professor na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Doutor em Viticultura e Enologia pela Universidade de Bordeaux (França), foi fundamental para os primeiros passos do projeto, que ainda hoje conta com o seu zeloso acompanhamento. A vocação para o desenvolvimento de pesquisas se completa com a experiência de Jean Pierre Rosier, Doutor em Enologia pela Universidade de Bordeaux, e a modernidade do jovem enólogo Leonardo Ferrari, formado em Viticultura e Enologia pelo Instituto Federal de Bento Gonçalves.

No centro dessa união, o jovem vinhedo, de mudas provenientes de viveiros da Itália e do sul de Minas Gerais (Vitácea Brasil), certificadas na França. Aqui, são cultivadas as uvas merlot, malbec, pinot noir, cabernet sauvignon, sauvignon blanc, chardonnay e vermentino.

Um dos momentos marcantes neste início da Abreu Garcia foi a colheita do primeiro cacho de uva, em 21 de março de 2009. Tinha que ser especial. E foi. Com o primogênito Arthur no colo, o casal Ernani e Janaína começou uma colheita que não parou mais.